Espanha cria quarto de hotel flutuante movido a energia solar - Smart City Laguna
Related content
1/02/2019 Espanha cria quarto de hotel flutuante movido a energia solar

A empresa de arquitetura Mano De Santo, com sede em Valência, na Espanha, propôs um quarto de hotel plug-and-play que pode ser facilmente transportado e instalado graças ao seu design modular e fora da rede. Apelidado de Punta de Mar Marina Lodge, o pavilhão flutuante conceitual é uma iniciativa de turismo sustentável, que visa baixo impacto ambiental. Alimentado com energia solar, o Punta de Mar Marina Lodge oferece uma experiência privada e luxuosa na água para dois.

Inaugurado no ano passado, o Punta de Mar Marina Lodge está planejado para abrigar dois andares com um total de 74 metros quadrados. O piso térreo – cerca de 40 metros quadrados – inclui um pequeno terraço frontal, que se abre para o quarto, com vista para a água, através de vidros de altura total. O banheiro, o equipamento técnico e o depósito ficam em uma unidade atrás da cama, enquanto um pequeno terraço ao ar livre está localizado na parte traseira. Os hóspedes também podem desfrutar de acesso ao telhado, onde está localizado um salão ao ar livre com assentos.

“Punta de Mar é uma iniciativa de turismo sustentável, já que não gera resíduos porque é uma instalação de módulos cujo sistema é o ‘Plug & Go’”, disseram os arquitetos em um comunicado do projeto. A equipe também explicou que a unidade está integrada ao ambiente com baixo impacto. O hotel pode ser facilmente transferido – pode ser transportado por terra ou por mar – e pode ser apreciado em uma variedade de ambientes diferentes para “experiências únicas e exclusivas”.

Além da pré-fabricação externa da unidade que minimiza o desperdício, a Pousada Marinha de Punta de Mar foi projetada para seguir princípios solares passivos para reduzir o uso de energia. Além disso, a temperatura interior, a iluminação, o sistema de alarme e o sistema de entretenimento podem ser controlados remotamente através dos smartphones dos hóspedes.