Energia eólica faz sucesso e ultrapassa energia nuclear pela primeira vez - Smart City Laguna
Related content
13/11/2018 Energia eólica faz sucesso e ultrapassa energia nuclear pela primeira vez

A energia elétrica gerada a partir da força dos ventos exibe resultados incríveis em 2018 e mostra que veio para fazer diferença no setor de energias renováveis. Pela primeira vez na história, a capacidade de geração de energia eólica ultrapassou a nuclear. De acordo com a Global Wind Energy Council e World Nuclear Association, a geração eólica global atingiu 432.42 gigawatts (GW) no final de 2015, ao mesmo tempo em que a capacidade nuclear manteve 382.55 GW.

A nível mundial, a energia eólica cresceu 17% em comparação ao mesmo período do ano anterior, e os novos parques eólicos representaram 63.01 GW em 2015, o correspondente a 60 reatores nucleares. Na liderança do mercado global de energia gerada pela força dos ventos está a China, com 145.10 GW de capacidade instalada, seguida por Estados Unidos (74.47 GW), Alemanha (44.95 GW), Índia (25.09 GW) e Espanha (23.03 GW).

No Brasil, a matriz elétrica iniciou o mês de fevereiro deste ano com 9 GW de capacidade eólica instalada, o que representa uma participação de 6,3% dessa fonte na matriz, enquanto a energia nuclear representa 1,4%. Os números foram apresentados no Boletim de Dados da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica).

Energia limpa
As energias renováveis que não causam poluição pela emissão de substâncias são chamadas de energias limpas e incluem energias como a solar e eólica. As cidades do futuro estão sempre em busca de unir sustentabilidade, tecnologia e melhor qualidade de vida.

A primeira cidade inteligente social do mundo, Smart City Laguna, está sendo construída no Ceará e visa utilizar as energias limpas para gerar qualidade de vida de maneira sustentável. A cidade vai utilizar a iluminação pública inteligente com a utilização de LED, entre outras ações.