COMO FUNCIONAM OS MODELOS E PROJETOS NA CIDADE INTELIGENTE SOCIAL? - Smart City Laguna
Empty
11/08/2017 COMO FUNCIONAM OS MODELOS E PROJETOS NA CIDADE INTELIGENTE SOCIAL?

10.08.2017

 PLANEJAMENTO ECONÔMICO – FINANCEIRO DO PROJETO

O desenvolvimento de cada aspecto do projeto, seja qual for sua natureza, deve ser avaliado em termos de sustentabilidade econômica.

PROJETO DAS CASAS – deve existir um variado padrão de casas funcionais e arquitetonicamente arrojadas, em harmonia com o meio externo, contrapondo projetos atuais de habitações sociais que utilizam apenas um único e básico padrão. Além disso, contar com um MIX FUNCIONAL que integre áreas residenciais, comerciais e empresariais. ÁREAS INSTITUCIONAIS também devem ser distribuídas para criar MULTICENTRALIDADE e serem ACESSÍVEIS a todos.

PROJETO ARQUITETÔNICO DAS ÁREAS COMUNS – é importante que os cidadãos se identifiquem com a cidade. Para isso, é necessária uma atenção na elaboração dos espaços comuns e mobiliários urbanos que geram relacionamento. Ainda, basear-se na eficiência da autogestão do lixo, dos recursos naturais, da água e energia como instrumentos de incentivo à um estilo de vida sustentável.

IMPLANTAÇÃO E ACOMPANHAMENTO – após um estudo cultural e social do ambiente é elaborado um planejamento de introdução e acompanha-se a consolidação da proposta social junto aos moradores. Em seguida, estrutura-se um projeto a médio ou longo prazo que, após assimilado e absorvido, torna-se um sólido estilo de vida coletivo.

COORDENAÇÃO COM AS POLÍTICAS MUNICIPAIS – o projeto da Cidade Inteligente Social necessita ser desenvolvido em parceria com o setor público para dinamizar e maximizar a coordenação das políticas sociais. O papel do Instituto PLANET é fundamental e estratégico para auxiliar e conduzir os moradores a encontrarem o equilíbrio certo, trazendo continuidade e estabilidade.

 

Fonte: Engenharia É / Livro Viver Além de Morar

Veja também nossas redes sociais: Facebook, Instagram e Youtube